Telefone(s) : (14) 3234-4243 | (14) 3214-4688

Perguntas Frequentes

O que é a documentação ortodôntica necessária para inicio do tratamento ortodôntico?

É uma seqüência de exames que são realizados nos centros especializados para confirmação do diagnóstico clinico inicial obtido pelo profissional durante a primeira consulta. Nesta documentação deverá conter entre os exames padrão uma seqüência de sete fotografias, sendo duas extrabucais e cinco intrabucais, os modelos de gesso (copia da boca do cliente) e duas grandes radiografias, sendo uma de perfil (telerradiografia de norma lateral) e outra panorâmica (ortopanorâmica), alem das radiografias menores, as chamadas periapiacais, das áreas dos incisivos superiores e inferiores.

O que são os aparelhos ortodônticos estéticos? Do que são feitos?

Os aparelhos estéticos são aqueles onde os braquetes (“quadradinhos”) são de um tipo de material que se aproxima da cor dos dentes, e, portanto fica menos visível. Além dos braquetes, hoje também já existem os fios ortodônticos estéticos, ou seja, bege ou branco, fugindo então do sorriso metálicos que incomoda alguns pacientes. Existem basicamente dois segmentos de aparelhos estéticos. O segmento mais simples é o de policarbonato, indicado para tratamentos mais simples e rápidos. O segmento superior é de cerâmica, sendo este indicado para tratamentos mais complexos, por serem mais rígidos, evitando quebras, alem de terem menor pigmentação com o tempo.

Qual a idade máxima para colocar aparelho ortodôntico?

Não existe idade máxima para instalação de aparelhos ortodônticos. O que ocorre e que com o passar da idade, os adultos passam a apresentar problemas periodontais (na gengiva e no osso que sustenta o dente), o que pode limitar ou, dependendo da gravidade, contra-indicar o tratamento. Normalmente os adultos preferem os aparelhos estéticos.

Qual a relação de habito de chupeta ou sucção digital com o desenvolvimento da mordida? Há tratamento?

A criança que apresentar hábitos de sucção de chupeta e/ou digital (chupar dedo) desenvolve um desequilíbrio muscular, acarretando em alterações da forma e tamanho do arco dentário superior (porção óssea), bem como na posição dos dentes anteriores, chamados de incisivos, desenvolvendo um quadro de MORDIDA ABERTA ANTERIOR. O tratamento destas alterações é simples se realizados na infância, ou seja, perto dos 7-8 anos de idades, uma vez que nesta fase a maioria das crianças está trocando os dentes decíduos pelos dentes permanentes.

Qual a diferença entre ortopedia funcional dos maxilares e ortodontia?

Basicamente, ortopedia é uma intervenção por meio de aparelhos odontológicos com o intuito de redirecionar o crescimento craniofacial, ou seja, estimular ou desacelerar o crescimento dos ossos maxila (superior) e mandibular (inferior), alem de possibilidade de reposicionar tais estruturas. Já a ortodontia, os aparelhos odontológicos apenas têm ação sobre os dentes propriamente ditos, respeitando a posição das estruturas ósseas.

Qual idade mínima para se começar um tratamento ortodôntico?

O inicio do tratamento ortodôntico não necessariamente está vinculado ao uso de aparelhos. A ação preventiva da Ortodontia, por meio de controles e monitoramento do crescimento da criança e desenvolvimento da mordida, pode ser muito mais eficaz.